CodeIgniter: Requisitos de Servidor e Licença de Uso

20 de maio de 2009, em Diversos, por

Até agora estávamos em uma “introdução geral”, falando genericamente sobre o que são framewoks, um pouco sobre padrões de projeto, o padrão MVC e uma palhinha sobre o próprio CodeIgniter, mostrando que ele é um framework PHP ágil, robusto e de alta performance e mostramos 10 razões de porque CodeIgniter arrasa!

Bem, chegou a hora de começar a abordar os assuntos referentes ao CodeIgniter, propriamente dito, já que a “base teórica” já foi dada e vocês, queridos leitores, certamente já procuraram estudar e buscar mais informações sobre tudo o que foi dito até agora, não é?

Requisitos de Servidor para rodar o CodeIgniter

Como já estamos falando há algum tempo, o CodeIgniter consegue alinhar boa performance, poderosos recursos, simplicidade e leveza, ao mesmo tempo! Para se ter ideia, na versão mais atual (2.1.0) os arquivos do framework inteiro não chegam a 1.3MB!

CodeIgniter é um framework PHP e, como era de se esperar, sua “instalação” consiste em descompactar seus arquivos no servidor, alterar pouquíssimas linhas de código para configurações preliminares e começar a usar! Para rodar o CodeIgniter, o servidor precisa de:

  • PHP 5.1.6 ou superior. Em sua versão mais recente, a 2.1.0, o CodeIgniter exige PHP 5.1.6 o superior.
  • Banco de Dados. Na verdade ter um banco de dados não é obrigatório, mas se for para desenvolver algo que não use BD, então nem precisa usar CodeIgniter… Atualmente há suporte para MySQL (4.1+), MySQLi, MS SQL, PostgreSQL, Oracle, SQLiteODBC. E, como veremos em artigos futuros, alternar o uso entre estes é facinho, facinho!  ;-)

Licença de Uso

Em outubro de 2011 foi anunciada a mudança da licença do CodeIgniter para OSL 3.0. Para mais informações, acesse o artigo Nova licença do CodeIgniter: OSL 3.0.

Como qualquer software, o Code Igniter possui uma licença de uso. Licença esta que é um acordo legal entre quem usa o CodeIgniter e a EllisLab Inc, empresa mantenedora do framework. É permitido usar, copiar, modificar e distribuir o CodeIgniter e sua documentação, com ou sem modificações, para qualquer finalidade, desde que sejam cumpridas as seguintes condições:

  1. Uma cópia da licença deve ser incluída com a distribuição;
  2. As redistribuições do código fonte devem reter a observação de copyright em todos seus arquivos;
  3. As redistribuições na forma binária devem reproduzir a observação de copyright na documentação e/ou outros materiais fornecidos com a distribuição;
  4. Os arquivos que foram modificados devem conter avisos indicando a natureza da alteração e os nomes de quem os alterou;
  5. Produtos derivados devem incluir um aviso de que eles são derivados de CodeIgniter na sua documentação e/ou outros materiais fornecidos com a distribuição;
  6. Produtos derivados não pode ser chamado de “CodeIgniter”, nem pode “CodeIgniter” aparecem em seu nome, sem autorização prévia por escrito da EllisLab Inc.

Essas são as condições no momento da publicação deste artigo, pode ser que haja alterações. Outras 3 coisas importantíssimas são:

  1. Indenização. Ao usar o CodeIgniter, Você concorda em indenizar e defender os autores do software e eventuais contribuições para quaisquer efeitos diretos, indiretos, incidentais ou consequentes reclamações de terceiros, ações ou fatos, bem como de quaisquer despesas, responsabilidades, danos, acordos ou honorários decorrentes de seu uso ou mau uso do software ou uma violação de quaisquer termos da licença.
  2. Isenção de Garantia. O software é fornecido “como está”, sem qualquer tipo de garantia, expressa ou implícita, incluindo, mas não se limitando a garantias de qualidade, desempenho, não violação, comerciabilidade ou adequação a uma finalidade específica.
  3. Limitações de responsabilidade. Você assume todos os riscos associados com a instalação e utilização do software. Em nenhum caso o autor ou direitos de autor do software pode ser responsabilizado por reclamações ou outros danos decorrentes da responsabilidade civil, a partir de ou em conexão com o software. Titulares de licença são os únicos responsáveis por determinar a adequação do uso e assumir todos os riscos associados à sua utilização,incluindo mas não limitados aos riscos do programa, erros, danos aos equipamentos, perda de dados ou programas ou indisponibilidade ou interrupção de operações.

Quer dizer, é possível usar amplamente o CodeIgniter, mas você assume toda a responsabilidade em usá-lo! Quando fizer softwares utilizando o framework (inclusive os de distribuição em modo binário), você deve liberar juntamente o aviso de copyright (em todos os arquivos) e avisar que é um produto derivado (apesar de você não poder incluir o nome “CodeIgniter” no produto).

Vai encarar?  :-D

18 comentários em "CodeIgniter: Requisitos de Servidor e Licença de Uso"

gravatar

Pedro M Neto  em 24 de maio de 2009

Parabéns pelo Blog! Estou começando agora a utilizar Frameworks e estou achando o CodeIgniter mais fácil de utilizar. Quanto a matéria em questão, não entendi como utilizar na prática os (avisos de Copyright). Devemos colocar no rodapé de cada página do site o Copyright CodeIgniter? É isso mesmo? Outra dúvida.. Existe algum programa como o Zend Studio para utililizar com o Igniter?
Obrigado desde já pela ajuda!
Novamente parabéns pelo Blog!
Está me ajudando muito!

Pedro M Neto

gravatar

Tárcio Zemel  em 26 de maio de 2009

@ Pedro M Neto

Muito obrigado, Pedro! Que bom que nossos textos estão sendo proveitosos para você e outras pessoas!

A questão da licença, o que consta no artigo é praticamente uma tradução do que está no manual oficial do CodeIgniter. Siceramente falando, nos softwares derivados que já fiz, não coloquei em TODOS os artigos o copyright. Buscando um pouco nos fóruns oficiais, encontrei uma resposta a essa questão dada pelo próprio Rick Ellis – também conhecido como "carecão-mór", haha! Veja a "resposta oficial" sobre o uso da licença do CodeIgniter.

Em relação a um programa para usar o CodeIgniter, pessoalmente utilizo o Aptana (para PHP e qualquer outra linguagem), mas você pode ser qualquer editor de códigos; o que fizer você se sentir melhor, o que lhe confira mais produtividade, enfim, o que você gostar mais! :-)

Abraços e volte sempre!

gravatar

Matheus  em 26 de maio de 2009

Ótimo post!!

este é um blog que particularmente aguardo ansioso cada matéria pois o Codeigniter é sensacional e atualmente é o que estudo.

Quando à licença, eu geralmente coloco no rodapé do backend do site (parte adminstrativa) ou no sistema (documentação, ajuda) uma indicação de que é feito com tal framework.

Aptana na veia tbm!!!!

Abraços!

gravatar

Tárcio Zemel  em 27 de maio de 2009

@ Matheus
Isso aê! Essas são ótimas dicas de como indicar, de alguma forma, que se trata de um derivado do CodeIgniter (lembrando novamente que o próprio nome “CodeIgniter” não pode constar sem autorização).

Obrigado pelos elogios! Ficamos felizes! Nossa intenção é ser referência em CodeIgniter no Brasil e estamos, na medida temporal possível, escrevendo para que isso aconteça!

VLW

gravatar

João Carlos  em 11 de junho de 2009

Venho constantemente acompanhado o conteúdo deste blog e o desejo todo sucesso e vida longa. Excelente conteúdo com embasamento teórico excelente. Não deixe a iniciativa morrer. Recentement resolvemos adotar um framework em nossa empresa para desenvolvimento PHP e após analizarmos vários (ZF, CakePHP, Symphony e outros), optamos pelo CI e o conteúdo deste blog é de grande ajuda e valia. Parabéns aos envolvidos com a iniciativa.

gravatar

Tárcio Zemel  em 26 de junho de 2009

@ João Carlos
Muito obrigado, mesmo, João Carlos! Como dissemos na página “Sobre”, infelizmente a questão temporal é uma realidade e, infelizmente, não atualizamos os conteúdos quantas vezes gostaríamos… Mas, com certeza, o blog vai continuar!

Contamos com sua ajuda! ;-)

gravatar

Nei  em 14 de dezembro de 2009

Realmente lendo Licença de Uso, 5 e 6 especificamente, parece contraditório, mas é simples entender.
- Devemos fazer menção do nome/marca em um aplicativo derivado (um blog feito com CI por exemplo), escrevendo algo como: “Blog desenvolvido com Code Igniter”.
- Não devemos usar o nome/marca como se fosse nossa propriedade, ex: “Code Igniter Blog”

Isso ae, vida longa ao blog, preciso aprender muuuuuuuuuuiiito ainda, então pelamor, nem pensem em parar.

gravatar

Ricardo  em 26 de setembro de 2012

Acredito que deveria haver uma informação maior quanto aos requisitos de servidor, pois eu tive um problema bem chato, e pesquisando na internet isso já vem de muito tempo.
Eu pago uma hospedagem na hostmidia que teoricamente atende todos os requisitos, ai eu criei meu sistema, localmente tudo perfeito, mas quando subi tudo ai veio a dor de cabeça e vários tickets para o atendimento. Quase tudo funciona, com excessão do que seria o mais importante, tudo relacionado ao banco de dados não funcionou, pensei que seria pelo Active Record, então fiz tudo no SQL puro, e mesmo assim não deu em nada, o negócio é que ele nem conecta no banco de dados e incrivelmente mesmo setando informações de login erradas não aparece nenhuma mensagem de erro sequer, é como se não existisse nenhuma classe de conexão, e sim eu conferi tudinho, fiz até teste com outra página PHP pura e deu certo, mas com CI não, e também algumas funções de validação estavam meio doidas pois a validação com os mesmo dados em ambiente local passavam, mas online eram barradas, e as vezes a mesmas passavam, mas apenas passavam depois de uma eternidade tentando e enviando.
Em fim, deveria haver um suporte desse, pois não são apenas esses requisitos que um servidor deve ter, existem outros, mas ai é o problema, quais outras informações devemos saber que a hospedagem deve possuir para instalarmos o CI e utilizarmos todas suas funções sem nenhum problema? Tipo o que meu servidor local usando o Uniserver que nem precisa instalar, meu próprio pc com W7 tem habilitado ou configurado que a hospedagem paga, que já tem inúmeros clientes não tem?
Estava tão animado com o CI, salvei todas as páginas aqui do site para ler offline, até tirei print das 170 folhas do user_guide em portugues que não tem como baixar, gastei um bom tempo nele e no fim deu um belo problema pra mim.
Nessa minha busca, pra verem que não é coisa simples, existe até um servidor PRÓPRIO para o CI, chamado cloudigniter, mas infelizmente não está aberto para novos registros de hospedagem.
No mais, o site realmente é o melhor conteúdo em portugues sobre CI.

gravatar

DevGyn  em 10 de março de 2013

A licença do User Guide também faz parte da licença geral do CI? ou é diferente? eu posso, por exemplo, criar um livro com o manual do CodeIgniter?

gravatar

Tárcio Zemel  em 13 de março de 2013

Não tem como uma documentação abordar TODAS as configurações possível que, eventualmente, podem dar erro. Simplesmente não é viável.

Se você usa seu sistema no local e, quando sobe, nada funciona, então o problema não está com o CodeIgniter, concorda?

gravatar

Tárcio Zemel  em 13 de março de 2013

Não sei responder com certeza, mas acredito que poderia, sim, desde que deixasse claro que é uma tradução de um produto da empresa EllisLab, etc, etc.

Comente!